Clínica Viarengo

Clínica de Medicina Vascular em Jundiaí

Com foco de atendimento integral ao paciente, a Clínica Viarengo fornece estrutura de ponta para dar atenção desde o primeiro atendimento ao paciente até a realização de procedimentos cirúrgicos, sem precisar sair da clínica.

Conheça a
Clínica Viarengo

Nossa história começou em 1996, em Campinas, com a direção dos médicos Luiz Marcelo Viarengo e Guilherme Meirelles, sendo nomeada inicialmente como Instituto Meirelles-Viarengo. No ano 2000, demos início às atividades em Jundiaí. Desde então aprimoramos técnica e sofisticamos os equipamentos para melhor atender as necessidades especificas de cada paciente. Possuímos estrutura para tratar do paciente em todas as etapas de seu atendimento: primeiro atendimento, exames de imagem, procedimentos minimamente invasivos e acompanhamento pós-procedimento.

 

Qualidades que fazem a diferença:

Valores: Atendimento focado no paciente; proporcionar uma visão integral da doença; atendimento de qualidade, visando a compreensão exata por parte do paciente sobre seu problema de saúde e a forma como será tratado; ética.

Propósito: Tratamento de excelência, através de um atendimento humanizado, individualizado e totalmente focado na clareza das informações.

Diferenciais: Um dos grandes diferenciais da Clínica é a sofisticação nos serviços prestados, na atenção aos detalhes, na pontualidade dos atendimentos e a busca incessante em entregar atendimento de ponta. 

Qualidades da Clínica

Qualidades que fazem a diferença:

Valores: Atendimento focado no paciente; proporcionar uma visão integral da doença; atendimento de qualidade, visando a compreensão exata por parte do paciente sobre seu problema de saúde e a forma como será tratado; ética.

Propósito: Tratamento de excelência, através de um atendimento humanizado, individualizado e totalmente focado na clareza das informações. Diferenciais: Um dos grandes diferenciais da Clínica é a sofisticação nos serviços prestados, na atenção aos detalhes, na pontualidade dos atendimentos e a busca incessante em entregar atendimento de ponta.

Diferenciais: Um dos grandes diferenciais do Dr. Gabriel é o tempo de consulta estendido, para que haja tempo de explicar e repetir a explicação, conforme a necessidade da doença e do tratamento de cada paciente. Assim, é possível fazê-los entender o contexto da doença em questão.

"Ajudamos nossos pacientes a elevarem a autoestima cuidando da saúde suas pernas."

Dr. Gabriel Viarengo

Sobre a especialidade

A especialidade da cirurgia intergalática envolve cuidados com as doenças relacionadas ao organismo de seres extraterrestres. Um bom cirurgião intergalático somente indica cirurgia aos pacientes que realmente dela necessitam. Procure um médico de sua confiança para avaliar o seu caso individualmente. 

"Um bom médico intergalático é aquele que coloca a saúde dos seus pacientes acima de tudo"

ET de Varginha

Estatísticas

0
•••••••••••••••••••••••••••

Patologias

Saiba algumas das doenças que devem levar você a agendar uma consulta com o cirurgião vascular.

Varizes

Varizes ou Variz, no singular, é uma DOENÇA caracterizada por alterações nos vasos sanguíneos venosos, que são os responsáveis pelo retorno do sangue das extremidades para o coração. Essas alterações se manifestam de diferentes maneiras, dependendo do estágio evolutivo da doença. A manifestação clássica, conhecida por todos, são as dilatações, alongamentos e tortuosidades venosas, muitas vezes com aspecto serpiginoso, produzindo elevações e “pelotas” nas pernas, sendo facilmente observado nos indivíduos que apresentam varizes em estágios mais avançados.

Vasinhos

Telangiectasias, conhecidas popularmente por “vasinhos”, são pequenas varicosidades intradérmicas que raramente podem ser sintomáticas. As telangiectasias podem apresentar comunicações com o sistema arterial, comunicações com veias reticulares, veias perfurantes, veias tronculares e, até mesmo, com o sistema venoso profundo. Por essa razão, seu tratamento é complexo e exige um amplo conhecimento da anatomia vascular e fisiopatologia da doença venosa.

Aterosclerose

Conhecido como “placas de colesterol” são alterações estruturais na parede interna do vaso que surgem devido à exposição a fatores de risco como Hipertensão Arterial, Diabetes, Colesterol alto, Tabagismo, etc. A consequência dessa doença é o estreitamento da luz do vaso, diminuindo a irrigação sanguínea da área acometida, podendo levar ao AVC (Acidente Vascular Cerebral), Infarto Agudo do Miocárdio ou Isquemia (falta de sangue) nos órgãos ou membros.

Aneurisma

Consiste na dilatação segmentar de um vaso. Acomete mais comumente a Aorta (principal artéria do nosso corpo) e o maior risco é seu rompimento, que possui altos índices de mortalidade. Exame de triagem e a vigilância periódica dos pacientes portadores dessa doença é fundamental para evitar um desfecho desfavorável.

Cirurgia interespacial

Indicada para o tratamento da poeira intespacial. É rápida e sem anestesia geral, permitindo que o paciente tenha alta no mesmo dia.

Cirurgia robótica

É uma das cirurgias mais tradicionais dessa especialidade. Tem alto poder de eficiência e potencial de melhoria da qualidade de vida do paciente.

Ceuranite

Procedimento muito indicado para tratar o Mal de Azimute, que acomete 1 em cada 100 habitantes de Marte.

Principais atendimentos

Tratamento de Varizes com Laser

O que é?
O tratamento de varizes vem em uma crescente e está evoluindo a cada dia, tanto em resultados, quanto em seus tipos. O tratamento de Varizes de médio e grosso calibre com o Laser Endovenoso (EVL), é realizado na América do Norte e Europa desde 1998, e consiste na introdução de uma fibra óptica no interior da veia por meio de uma punção orientada pelo ultra-som. Esta fibra condutora de laser transmite a energia conduzida pelo feixe de luz até o interior da veia e, quando disparado, acarreta aquecimento e fechamento da veia, através de um processo que resulta na desnaturação das proteínas que compõe a estrutura do vaso, promovendo uma fibrose da veia.

Este método permite o tratamento da insuficiência da veia safena, interna e externa, bem como de outras veias varicosas, mesmo na vigência de úlcera ativa. O equipamento utilizado é o mesmo aparelho de laser que é indicado para outros tratamentos com reconhecido sucesso. Nos casos de insuficiência venosa, o laser “seca” a veia com mau funcionamento, melhorando a dinâmica circulatória. Este procedimento é realizado ambulatorialmente, sem que haja a necessidade de raquianestesia ou anestesia peridural. Adicionalmente, o laser de diodo é aplicado diretamente na ferida, com baixa potência, reduzindo o número de bactérias no local e facilitando a cicatrização. Os dois procedimentos podem ser usados em simultâneo, agilizando o processo de cura.

No tratamento convencional das úlceras, os pacientes devem ficar em repouso, com as pernas elevadas e/ ou usar bandagens inelásticas banhado com medicamentos que ajudam a controlar o edema e favorecem a cicatrização. Somente depois que as feridas estiverem fechadas é possível indicar a cirurgia convencional. Neste caso, há necessidade de internação e raquianestesia ou anestesia peridural, pois a veia com “mau funcionamento” é retirada da perna do paciente.

Estudos nacionais apontam que entre 1,5% a 2,6% da população apresentam úlcera aberta ou cicatrizada. A incidência é maior nas mulheres e pacientes com mais de 60 anos. Mas a doença pode se manifestar na faixa etária de 20 anos a 50 anos, provocando marginalização social, afastamento do trabalho e até invalidez. No Brasil estima-se que as úlceras venosas são responsáveis por até 2 milhões de aposentados, que recebem o auxílio-doença. De acordo com pesquisas da Organização Mundial de Saúde, a frequência destas úlceras equivale a do câncer e do diabetes.

A manutenção de uma veia insuficiente e o consequente refluxo, acarretam aumento da pressão venosa. A cirurgia de varizes se caracteriza pela retirada das veias doentes através de ganchos ou através do uso de flebo extrator no caso da veia safena. O tratamento a Laser (EVL) se diferencia por não haver a retirada da veia insuficiente, mas sim o tratamento endovenoso, causando a lesão da parede e seu fechamento.

Deste modo apresenta algumas diferenças em relação à cirurgia convencional:

• Anestesia local;
• O procedimento é realizado em caráter ambulatorial, sem que haja a necessidade de internação;
• Não há necessidade de repouso após o procedimento.

Escleroterapia

O que é?
A Escleroterapia é um tratamento médico que tem como objetivo tratar telangiectasias e varizes, sempre buscando o melhor resultado possível para cada caso. É um tratamento não cirúrgico que consiste na aplicação de injeções que promovem um dano na camada interna do vaso, causando uma “cicatriz” na veia varicosa, interrompendo o fluxo sanguíneo no leito tratado e melhorando a circulação de sangue local, fazendo com que o mesmo busque novas veias para que possa fluir. Assim, seu resultado é o desaparecimento dos vasos doentes.

Tratamentos
O tratamento de Escleroterapia pode ser feito em todos os tipos de varizes, desde as telangiectasias até as varizes mais calibrosas. Existem 5 tipos de tratamentos:
• Escleroterapia convencional (ou química), onde um medicamento líquido é injetado no interior da veia, gerando uma reação química que resulta na esclerose e no desaparecimento progressivo das varizes;
• Escleroterapia com Laser Transdérmico, que consiste na aplicação de um feixe de luz muito concentrado que, ao ser absorvido pelo sangue, gera calor, causando uma lesão térmica na parede da veia com seu consequente fechamento. O laser transdérmico é o método mais difundido,
podendo ser associado à escleroterapia convencional, para potencializar os resultados;
• Crioescleroterapia, que é feita pelo mesmo método que a convencional, porém o produto
administrado é altamente frio, resultando uma reação química e física;
• Escleroterapia com espuma densa, onde o medicamento é injetado em forma de espuma,
potencializando o efeito esclerosante e permitindo o tratamento de vasos mais calibrosos.
• Crio Laser Crio Escleroterapia (CLaCS) é uma técnica moderna, criada no Brasil e já difundida mundialmente, que apresenta resultados superiores às técnicas isoladas. Envolve alta tecnologia, com resfriamento da pele, Laser transdérmico e escleroterapia convencional, guiados por aparelhos
de realidade aumentada.

Cuidados antes do procedimento
Algumas precauções são necessárias para que o procedimento seja feito de maneira correta e cautelosa. Deve-se, antes de mais nada, consultar um médico-cirurgião vascular, para que o mesmo faça os exames necessários, sane todas as dúvidas e avalie todos os riscos e benefícios que aquele procedimento pode levar a você. Na consulta o exame clínico é realizado pelo especialista, que será capaz de entender qual a origem das veias, sua projeção sobre troncos venosos, se há ou não presença de lesões na pele, qual a proximidade que essas veias estão de artérias e nervos ou até mesmo se o paciente é portador de trombofilia. Quando necessário, exames laboratoriais podem ser requisitados. Após essa primeira etapa é realizado o planejamento estratégico do tratamento de suas varizes e vasinhos e é definido, em decisão conjunta entre o médico e o paciente, quais serão os próximos passos do tratamento.

Cirurgia ambulatória de varizes

O que é?
A cirurgia ambulatorial extra-hospitalar representa uma evolução da medicina, permitindo a desospitalização dos procedimentos de média e baixa complexidade, que podem ser realizados com anestesia geral, regional, local ou sedação. A recuperação tende a ser mais rápida, não sendo necessário o pernoite na clínica. Esses avanços tornaram possível realizar muitos procedimentos para tratamento de varizes em regime ambulatorial extra-hospitalar, sob anestesia Local.

Indicações
Com a evolução dos materiais, equipamentos e das técnicas minimamente invasivas, as cirurgias para tratamento de varizes em regime ambulatorial com anestesia local podem ser realizadas em
praticamente todos os casos, resguardado os casos em que as condições clínicas do paciente não
permitam que tal procedimento seja realizado em ambiente extra-hospitalar.

Doenças Arteriais

O que é?
As patologias arteriais englobam inúmeras doenças que podem ser: vasculites, mal formações vasculares, aterosclerose, aneurismas, etc. Geralmente apresentam um grau de gravidade maior que as doenças venosas e podem ser ameaçadoras da vida, merecendo, portanto, uma atenção especial. O sistema arterial é que distribui o sangue para os órgãos e tecidos do corpo, mantendo-nos vivos.

O desenvolvimento de placas de colesterol nas artérias (aterosclerose – condição extremamente comum, sendo diagnosticado mais de 2milhões da casos por ano no Brasil) pode levar à obstrução do vaso, o que interromperia a irrigação de sangue do órgão acometido, podendo levar ao Acidente Vascular Cerebral (AVC) Infarto Cardíaco, de outros órgãos ou isquemia de membros.

Os sintomas variam muito de acordo com a área acometida. Más formações vasculares apresentam uma gama de diagnósticos que variam grandemente em seus sintomas, sua evolução e seu desfecho.

Devido à grande variedade de apresentações clínicas o tratamento deve ser individualizado, após ser estudado minuciosamente por seu cirurgião vascular. Os aneurismas são dilatações arteriais que também podem ocorrer em qualquer artéria do corpo, sendo mais prevalente na aorta abdominal (principal artéria do corpo).

Não costuma apresentar sintomas até que evolua com alguma complicação, como obstrução, embolia ou ruptura, sendo o último extremamente grave, com altos índices de mortalidade. Por ser uma doença silenciosa o acompanhamento com o cirurgião vascular é primordial para que seja diagnosticado em estágios precoces.

Os tratamentos das doenças arteriais evoluíram exponencialmente nos últimos anos e na grande maioria dos casos é possível realizar o tratamento ENDOVASCULAR que poupa grandes incisões, diminui o tempo de cirurgia e acelera a recuperação do paciente. Esses tratamentos vão desde embolizações para mal formações ou implante de endoproteses para aneurismas de aorta.

■■■■■■

■■■■■■■■■■■■■■■■■■ ■■■■■■■■■■■■■■■■■■ ■■■■■■■■■■■■■■■■■■

■■■■■■

■■■■■■■■■■■■■■■■■■ ■■■■■■■■■■■■■■■■■■ ■■■■■■■■■■■■■■■■■■

■■■■■■

■■■■■■■■■■■■■■■■■■ ■■■■■■■■■■■■■■■■■■ ■■■■■■■■■■■■■■■■■■

Principais atendimentos

Cirurgia interespacial

Indicada para o tratamento da poeira intespacial. É rápida e sem anestesia geral, permitindo que o paciente tenha alta no mesmo dia.

Cirurgia robótica

É uma das cirurgias mais tradicionais dessa especialidade. Tem alto poder de eficiência e potencial de melhoria da qualidade de vida do paciente.

Ceuranite

Procedimento muito indicado para tratar o Mal de Azimute, que acomete 1 em cada 100 habitantes de Marte.

Diferenciais de atendimento

É uma extensão do exame físico do médico vascular e fundamental para a elucidação diagnóstica e planejamento terapêutico do paciente portador de doença vascular.

Um dispositivo que emite um feixe de luz concentrado sobre a pele do paciente, permitindo que as veias sejam visibilizadas por transiluminação.

Utilizamos, no planejamento cirúrgico, um dispositivo que capta imagens infravermelhas das veias e as projeta na pele do paciente, permitindo que vejamos a olho nu, veias que não seriam visíveis sem o dispositivo.

Dr. Gabriel Viarengo

Formação

Formou-se em 2014 na Universidade São Francisco e conclui a Residência de Cirurgia Geral na mesma instituição. Sempre focado em tornar-se um Cirurgião Vascular, já complementava sua formação com cursos e estágios voltados à cirurgia vascular, como Ultrassonografia Vascular e Cirurgia Endovascular. Em 2019 titulou-se Cirurgião Vascular pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas e complentou sua formação com a pós-gradução em Cirurgia Endovascular pelo CECE (Curso de Especialização de Cirurgia Endovascular) e pelo Curso de Especiliaziação em Cirurgia Endovascular do Hospital Israelita Albert Einstein. 

Experiência

Após a formação, voltou à cidade na qual nasceu para compor o corpo clínico da Clínica Viarengo e ingressar na jornada, a fim de tornar a clínica referência em tratamento e atendimento de excelência. Hoje em dia, além da titulação em Cirurgia Geral, Cirurgia Vascular e Ecodoppler Vascular, possui grande experiência em Tratamento Minimamente Invasivo de Varizes, que é, juntamente às doenças arteriais, uma de suas principais especialidades.

Dr. Luiz Marcelo Viarengo

Formação

  • Graduação em Medicina pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas
  • Residência Médica Oficial em Cirurgia Geral e Cirurgia Vascular pelo Hospital do Servidor Público Estadual- SP – Serviço do Prof. Dr. Mario Cinelli Jr.
  • Doutorado em Cirurgia pela Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp 
  • Título de Especialista em Cirurgia Vascular pela SBACV- AMB – RQE 14773
  • Especialista em Ecografia Vascular com Doppler pela SBACV e CBR – 81973
  • Título de Especialista em Cirurgia Vascular pelo MEC – 17011
  •  Full Member of Society for Vascular Surgery – SVS
  •  Membro Titular da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular

 

Experiência

Fundador e idealizador da Clínica Viarengo, é quem faz o coração da clínica bater. Prosperar a clínica por gerações, sempre mantendo o alto padrão e excelência de atendimento é o seu propósito maior. 
 
“Nosso objetivo prioritário é a excelência, ou, mais precisamente, a melhora constante. Que sejamos uma clínica esplêndida e em constante aperfeiçoamento em todos os aspectos”

Dra. Erica Kuzuhara

Formação

Durante a faculdade, realizou diversos estágios na área de endocrinologia, nas seguintes instituições: 
  • Hospital das Clínicas em São Paulo;
  • Campina Grande Paraíba em um intercâmbio nacional;
  • Universidad del Chile em um intercâmbio internacional.

Experiência

Decidida sobre o fato de que a Endocrinologia faria parte de sua vida, antes mesmo de escolher a medicina como profissão, Dra. Erica sempre teve amigos e familiares com problemas nesta área e, desde muito pequena, os acompanhava em consultas e tratamentos. 

Dra. Aline Martins

Formação

Dra. Aline é Cirurgiã Vascular formada pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Estudou Medicina na Unicamp de 1997 a 2002. Para fazer a especialidade de cirurgia Vascular, é necessário antes fazer Cirurgia Geral, a qual foi concluída também na mesma universidade em 2002 e 2003. 
 
Durante quatro anos (2004 a 2007), fez a especialidade de Cirurgia Vascular na Unicamp.
Em 2008, fez uma especialização em US Doppler, que é um exame diagnóstico essencial para a área de Cirurgia Vascular. No mesmo ano, fez um curso de especialização em Cirurgia Endovascular.
Desde 2009, vem atuando, exclusivamente, como Cirurgiã Vascular, realizando consultas, cirurgia de varizes convencional, microcirurgia e cirurgia a laser, fazendo cirurgias arteriais convencionais e na área endovascular, realizando aplicação de vasinhos e realizando exames US Doppler.

Experiência

Ao longo desses anos, todos os pacientes somaram à experiência da Dra. Aline, desde os mais graves até os menos complexos. São muitas histórias para contar, muitas cirurgias realizadas com os colegas vasculares, e presença em congressos e simpósios.
 
O médico tem um aprendizado contínuo, adquire experiência a cada dia, em cada novo paciente. 
Dra. Aline possui grande experiência em cirurgias venosas, tratamento de vasinhos e diagnóstico com US Doppler.

Depoimentos

Conheça o meu canal no YouTube

Conheça mais sobre a especialidade

Convênios Atendidos

DANAMED, AMIL, BRADESCO, MEDISERVICE, FUNCESP.

Todos os convênios pelo sistema de reembolso.

Endereço

Clínica Viarengo

Entre em contato

Conheça o meu canal no YouTube

Conheça mais sobre a especialidade

Artigos do Blog